Brasil estuda soluções para diminuir desperdício de energia elétrica

De toda energia produzida no Brasil, 15% se perdem entre a geração e o consumo. De acordo com o Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE), a proporção é mais do que o dobro da registrada em outros países, que é de 7%. A perda de energia (causada principalmente pelo furto instalações irregulares, o chamado gato) motivou o CGEE a fazer um estudo sobre as redes inteligentes ou smarts grids, para gerenciamento da geração, transmissão, distribuição e consumo de energia elétrica. A tecnologia informará em tempo real, por exemplo, a ocorrência de pane e a eventual suspensão do fornecimento. “Quando cai a energia, independente do motivo, você liga para a concessionária. Pelo smart grid, isso será automático, não precisa ligar, pois as empresas terão mais informação, melhorando assim sua prestação de serviços ao seu mercado e seus clientes”, explica Ceres Cavalcanti, assessora do CGEE. Segundo ela, o smart grid melhora o serviço que é prestado pelas concessionárias. No entanto, tudo isso não isentará o país de continuar investindo na ampliação da geração de energia. “O país cresce em termos de consumo de energia mais de 5% ao ano, o que é acima do crescimento do Produto Interno Bruto”, pondera Ceres Cavalcanti que lembra que há demanda pelo uso da energia, ainda cara para muitos usuários.

Fonte: Agência Brasil

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *